Rey Loy diz que não lança músicas descartáveis

Rei Loy é, sem dúvidas, um dos poucos kuduristas que trazem em suas letras musicais conteúdos ligados ao dia-a-dia dos que o ouvem. O kudurista foi convidado da edição desta terça-feira no programa Drive Kuduro, na Platina FM.
Em conversa com Leo Bernardo, Rei Loy revelou que é um artista que não se apressa por lançar músicas para fazer sucesso, e sim músicas para a vida daqueles que o ouvem. “Sou o tipo de artista que prefere lançar músicas completas, e não adianta lançar só para bater, prefiro ficar um ano a trabalhar em músicas com bom conteúdo do que me apressar e lançar músicas que não farão sentido, e tocar em apenas três meses, eu canto música para a vida, é isso que me motiva, é desse jeito que vejos os grandes artistas a fazerem, como Bonga, Matias Damásio, Paulo Flores, Yannick Afroman entre outros, assim quero agir como artista“, disse. Rei Loy adiantou também que tem dado força aos novos valores do estilo, sobretudo aqueles que gostam do seu trabalho, criando o projecto denominado “Filhos do Rei Loy“, um projecto que destaca e orienta os novos talentos do estilo musical mais mexido do país